quarta-feira, abril 02, 2008

AVÉ AVÉ AVÉ BEIRÃO


É preparado com diversas plantas (entre as quais eucalipto,canela,alecrim e a alfazema) e sementes aromáticas,que são submetidas a um processo de dupla destilação.Apresenta tonalidade de topázio transparente.O sabor é doce.

Reza a história que um caixeiro viajante,passando pela vila para a venda de vinho do Porto,se apaixonou pela filha de um farmacêutico local e com ela se casou. A farmácia do seu sogro vendia,para além dos produtos medicinais,bebidas alcoólicas preparadas com ingredientes naturais,segundo receitas secretas ancestrais.O jovem foi produzindo o licor que viria a ser baptizado como licor beirão,em homenagem a um congresso beirão.
Desde então,o licor beirão tornou-se um dos mais populares em Portugal,em especial na nossa tuna.

Como parte essencial da tuna, presente nos momentos marcantes da nossa tuna, até muitas vezes impulsionador dos mesmos, aqui fica a nossa humilde homenagem a este néctar dos deuses neste espaço bestial(entendam como quiserem), que será nosso eterno companheiro(POR FAVOR!) em festivais, encontros, encontros com uma só tuna, e afins.


LARANJA MELÃO A NOSSA TUNA AMA O BEIRÃO!

5 comentários:

Té disse...

Curiosidades sobre o LB:
Nos anos 50, foram colocados painéis em diversas curvas perigosas,em estradas portuguesas,publicitando o licor beirão.Acabaram por ser proibidos,mas,de acordo com a imprensa da altura,os desastres diminuíram de facto.Os condutores,com curiosidade pelos cartazes,acabavam por abrandar.
Achei muito relevante partilhar esta pérola.
AVÉ AVÉ AVÉ bEIRÃo!

Fritz disse...

licor beirão alé alé, licor beirão alé alé! :D

Voto Nulo disse...

Salve beirão...hum gosto tanto...
É condição essencial nesta tuna e nunca pode faltar...LICOR BEIRÃO...
Vou ficar a espera dele em coimbra...ou ele a minha espera qiça...

Caracoleta disse...

tenho saudades do seu sabor, tão bom! por favor, arranjem gelo e também um pco de limão..... assim, o seu sabor fica muito mais realçado.
acho seriamente que devemos pedir patrocínio à patente... eu faço o ofício! lol

Gregay disse...

Grande companheiro de viagens, de serenatas ao luar, as formigas, as pulgas e àquela folha de jornal que voa com o vento das últimas horas da noite...

Este néctar tem sido "espalha magia"... só temos é de estar à altura de tão divina dádiva...:D